Buscar

Reunião com Secretário de Educação Alexandre Valle



Nesta quarta-feira, dia 23 de Junho, a Presidência da ADERJ reuniu-se com o Secretário de Educação Alexandre Valle, em visita protocolar, já tradicionalmente realizada pela Associação nessas ocasiões.

A ADERJ se fez representar pelo Presidente Emérito, Almir Morgado e pela Presidenta Executiva, Teresa Cristina Pimentel, acompanhados pela Assessora Tània Ávila. Representando o Colégio de Delegados Regionais, acompanharam a presidência as Delegadas Ana Maria Conde e Nádia Moreira da Silva.

Acompanhando o Sr. Secretário estavam presentes o Chede de Gabinete, Wagner D'Almeida, os subsecretários Eduardo Gameleiro, Joilza Rangel Abreu, Renata Cordeiro Guerra e Leonardo da Silva Morais e os Superintendentes Anna Paula Velasco e Dagmar Crespo.

Como se tratou de visita de cortesia com a finalidade de apresentação recíproca, a presidência parabenizou o Secretário pela assunção do cargo, desejando, a ele e sua nova equipe, sucesso na condução de tão importante encargo público, sendo então tratados temas de interesse geral da ADERJ, com elevada informalidade e cortesia recíprocas, em clima de muita colaboração e parceria.

Destacamos a preocupação dos associados com o gradual retorno às aulas presenciais, salientando a necessidade de maior clareza nas orientações emanadas do órgão central através da CI SEEDUC/GABSEC SEI Nº16, além da urgente uniformização na aplicação das normas da SEEDUC pelas diversas diretorias regionais, que vem causando, como sempre causaram, grande apreensão no âmbito da Associação.

Também foram abordados os temas relativos a reformulação dos procedimentos de prestação de contas, tendo o Subsecretário Gameleiro confirmado que o novo sistema informatizado será brevemente implantado; o pagamento do auxílio tecnológico e o projeto de lei da migração para trinta horas.

A Presidencia também solicitou ao Secretário a continuidade da regulamentação do contido na lei nº 9084/20 ( Valorização dos Diretores) além da revisão de alguns artigos da Resolução SEEDUC nº 5.944/21 ( Colégio de Diretores).

O Presidente emérito solicitou ao Secretário especial atenção à necessidade de urgente correção dos desniveis salariais existentes entre os diretores de escola, que em virtude dos diferentes cargos efetivos que ocupam ( 16, 22 ou 30 horas) acabam por perceber remuneração menor que seus análogos, ocupantes de escolas da mesma classificação ( A,B,C,D e E) em flagrante quebra da isonomia, pois todos estão sujeitos a carga horária semanal de 40 horas, independentemente dos cargos efetivos ou da classificação das unidades que dirigem.

A Subsecretária Joilza Rangel e a Superintendente Dagmar Crespo solicitaram que a Associação apresentasse sugestões para o aprimoramento da CI SEI 16, o que já feito.

Por fim, o Secretário agradeceu a visita, e doravante serão agendadas reuniões setoriais com os subscretários para discussão mais aprofundada dos diversos temas de interesse dos diretores.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Todos os dias, nossos Diretores enfrentam as maiores adversidades e os maiores desafios! Assoberbados de tarefas e com imensa responsabilidade, dedicam todo seu esforço para oferecer o que de melhor p