Buscar

Nota Oficial




Na manhã do dia 26 de outubro, a ADERJ, representada pela Coordenadora Pedagógica professora Celinha Coelho com a assessora da Presidência professora Tania Avila, participou da Audiência Pública da Comissão de Educação da ALERJ para tratar de pendências que a Secretaria de Educação tem com os profissionais da rede.

Foram cobradas as inúmeras promessas e leis aprovadas na ALERJ que a SEEDUC simplesmente se recusa a cumprir.

Enquanto isso, toda comunidade escolar sofre com a falta de professores, falta de merenda e estruturas precárias das instalações físicas das escolas.

Foi firmado o comprometimento da SEEDUC com o pagamento da adequação da jornada de trabalho de 16 para 18 horas no próximo contracheque a ser pago no dia 3 de novembro, com retroativos a partir de 1º de julho.

A Comissão de Educação estipulou o prazo de 3 semanas para que a Secretaria apresente soluções para os demais entraves apresentados, dentre eles: publicação da Resolução de Consulta para diretores, Criação do Colégio de Diretores, 40 horas para diretores e adjuntos, cota extra de merenda.

Seguiremos cobrando e lutando e acompanhando o cumprimento das leis aprovadas e sempre em defesa dos interesses dos nossos associados.

49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo