top of page
Buscar

Nota da Diretoria

As Unidades Escolares do Estado do Rio de Janeiro, que se localizam nos municípios com bandeira amarela, retomam suas atividades presenciais com as equipes administrativas.

A ADERJ ressalta o que foi garantido pelo Sr. secretário Pedro Fernandes quanto à autonomia conferida a cada Diretor para a elaboração do horário de funcionamento de sua Unidade e quanto a definição de quais membros das equipes poderiam retornar ao regime presencial, considerando os riscos envolvidos.

Isso se faz necessário para garantir a saúde de todos, atendendo, portanto, a determinação da CI SEEDUC/SUGEN SEI Nº45. A referida CI, estabelece que “... as condições de retorno não se aplicam à população de grupos vulneráveis, ou seja, pessoas com 60 anos ou mais idade, doentes crônicos, imunodeprimidos, gestantes e puérperas, conforme Decreto 47.176/2020. Nestes casos, as atividades laborais continuarão conforme determinado na Resolução SEEDUC n° 5843/2020.”

Assim, algumas Unidades poderão continuar sem a prestação de serviços presenciais, trabalhando remotamente, na hipótese de que toda a equipe administrativa da escola se enquadre nos critérios acima mencionados. No caso, a situação deve ser comunicada por escrito às respectivas DRAs, com cópia para o email institucional da ADERJ para nossa ciência e acompanhamento.

Por se tratar de uma rede de grande porte, se faz necessário o estabelecimento de diretrizes comuns e gerais, como, a exemplo, dos horários descritos na CI SEEDUC/SUGEN SEI Nº46, porém, em casos específicos, observada a autonomia das direções, orientamos que sejam utilizados os critérios da razoabilidade e do bom senso, para que seja elaborado um horário que permita o atendimentos às demandas necessárias, e que, ao mesmo tempo, viabilize o funcionamento e garanta a segurança dos profissionais envolvidos.

Devido ao grande período de inatividade sugerimos que todos se concentrem na limpeza das unidades e que iniciem os atendimentos somente após essa etapa. Sempre de forma a garantir o distanciamento e condições mínimas indispensáveis para se evitar a contaminação e a proliferação da virose.

6 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Sobre o Procedimento de Migração I.

Sobre o Procedimento de Migração I. Estamos recebendo muitas dúvidas de colegas sobre a Migração. A ADERJ tem evitado expor sua interpretação e avaliação tendo em vista que este assunto tem conexão di

Sobre o Procedimento de Migração II.

Em decorrência das diversas dúvidas dos Associados em relação ao procedimento de Migração 30 horas, a vice-presidente da ADERJ – Professora Celinha Coelho entrou em contado com o Superintendente de Ge

Comments


bottom of page