top of page
Buscar

Merenda Escolar




Até o presente momento, a Secretaria de Educação ainda não repassou para as Escolas a primeira cota das verbas necessárias à aquisição de merenda escolar.

O repasse da primeira parcela das verbas de merenda deveria ter sido transferido para as escolas antes do início das aulas, de forma a permitir a aquisição dos alimentos necessários para ofertar aos alunos a merenda escolar que lhes é devida.

A falta de recursos para a compra de merenda está causando enormes transtornos para os diretores, que se veem incapazes de sanar o problema, diante das cobranças e reclamações de alunos e responsáveis.

O remanejamento dos recursos de manutenção para a aquisição de merenda não é possível, diante das demais despesas necessárias ao funcionamento das escolas, além do que, esses recursos também são muito pequenos.

Da mesma forma, não é permitido que os diretores façam despesas sem a necessária dotação orçamentária, portanto, não se recomenda a assunção de dívidas com fornecedores.

A ADERJ, em sua última reunião com a Sra. Secretária também solicitou o reajuste dos valores (per capta) a serem repassados para as escolas, que ainda são insuficientes para a aquisição regular da merenda, além de solicitar também o repasse de onze cotas, ao invés das dez cotas que são repassadas atualmente.

O problema é grave e precisa ser resolvido com a maior rapidez.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Nota

Publicou-se, no DOERJ, a Resolução SEEDUC n.6269/24 que alterou a redação do parágrafo 5º do art. 40 da Resolução SEEDUC n. 6252/24 que regulamentou o processo consultivo para designação de diretores

Sobre o Procedimento de Migração I.

Sobre o Procedimento de Migração I. Estamos recebendo muitas dúvidas de colegas sobre a Migração. A ADERJ tem evitado expor sua interpretação e avaliação tendo em vista que este assunto tem conexão di

Comments


bottom of page