Buscar

Dia do Trabalhador



Neste 1º de Maio, pouco há para comemorarmos. Nós, trabalhadores da Educação, ao lado dos demais trabalhadores deste País, vivemos, talvez, o mais triste dia do Trabalhador dos últimos tempos. Milhões de desempregados, milhões de pessoas na miséria, milhões de doentes, milhares de mortos. No Estado do Rio de Janeiro, nossos salários nunca foram tão aviltantes, fruto de anos seguidos sem qualquer recomposição. Vítimas de escolhas equivocadas e irascíveis, vemos ainda, muitos se deixarem seduzir por um messianismo grotesco, esquecendo-se das incontáveis lições que a História nos proporciona e dos malefícios que essas opções acabam por produzir. Se o presente não nos permite comemorar, roguemos então que o Futuro, ainda que distante e ainda que pendente de escrituração, possa nos proporcionar datas mais felizes, nas quais possamos recuperar a dignidade, o respeito e o reconhecimento que todos os Trabalhadores merecemos!


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Todos os dias, nossos Diretores enfrentam as maiores adversidades e os maiores desafios! Assoberbados de tarefas e com imensa responsabilidade, dedicam todo seu esforço para oferecer o que de melhor p