Buscar

Descaso e Desprestígio



A ADERJ – Associação dos Diretores de Escolas Públicas do Estado do Rio de Janeiro, no estrito cumprimento de sua finalidade, qual seja, a constante e permanente luta pela valorização dos Diretores de Escola, vem expressar o absoluto descontentamento com a inércia da Secretaria de Estado de Educação em implementar as pautas de interesse dos Diretores.

Por diversas vezes, a ADERJ tem apresentado suas reivindicações, e infelizmente, nenhuma delas foi efetivamente implementada, representando um descaso e desprestígio para com os profissionais que, de fato, fazem a Educação acontecer nas Escolas.

- A posição da SEEDUC, através da Superintendência de Gestão de Pessoas, de excluir os diretores e demais professores extraclasse da possibilidade de migrar para 30 ( trinta horas).

- A Inércia da SEEDUC em implementar a complementação da Gratificação dos Diretores de cargo de 16 horas aos valores percebidos pelos que tem cargo de 40 horas, já que todos os diretores cumprem, por lei, 40 horas.

- A inércia da SEEDUC em implantar o Colégio de Diretores, como órgão consultivo, que muito poderia contribuir para subsidiar o Secretário com informações extremamente úteis.

- A insistência da SUPGP em sobrestar os processos de indicação de integrantes das equipes técnico-pedagógicos, sob a justificativa de haver carência de professores, o que é óbvio, pois não se faz concurso há anos.

- A quantidade absurda de sindicâncias e punições aplicadas à diretores.

- Os valores defasados nos repasses de Manutenção e Merenda, que são insuficientes para custear as necessidades das Escolas.

- A constante retirada da autonomia dos Diretores na gestão do QHI e no Conexão Gestão.

- A submissão à jornadas abusivas, tarefas infindáveis, retrabalho e cobranças excessivas.

- O não reajustamento das gratificações, que estão congelados há oito anos.

A situação é gravíssima e encontra-se a beira do colapso, com sérios riscos ao funcionamento das Escolas, pois os diretores não mais suportam a situação, tal qual está posta.

Mais uma vez, apelamos à Secretaria de Educação para que tome iniciativas concretas com vistas à reversão desse triste quadro, antes que a situação leve a um desfecho de conflito, com repercussões negativas para todos os envolvidos.


100 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Todos os dias, nossos Diretores enfrentam as maiores adversidades e os maiores desafios! Assoberbados de tarefas e com imensa responsabilidade, dedicam todo seu esforço para oferecer o que de melhor p