Buscar

Com total espanto




A Diretoria da ADERJ recebeu com total espanto a notícia de que as Regionais Centro Sul e Médio Paraíba estão determinando que seus diretores passem a entregar o Mapa de Controle de Frequência (MCF) presencialmente.

A entrega mensal do MCF por email foi uma reivindicação da ADERJ apresentada no início do ano passado à SEEDUC, e que foi aceita e implementada, o que veio facilitar a rotina dos diretores que não tinham mais que se deslocar até as Regionais para fazer a entrega desse documento, para o qual os prazos são normalmente muito exíguos.

Não é crível que em pleno século XXI onde praticamente tudo é feito pelos canais digitais, no meio de um processo pandêmico, alguns órgãos da Secretaria de Estado de Educação do Estado do Rio de Janeiro ainda exijam a entrega física de um documento, por mais importante que este seja.

Nessas regionais, e em outras ao longo do Estado, há diretores que gastam mais de duas horas para chegar à sede da Regional, um tempo valioso e caro para os cofres públicos, que poderia ser melhor utilizado nas infindáveis outras tarefas dos diretores, para as quais seu valioso tempo e energia seriam melhor aproveitados.

Como a entrega por email resultou de uma solicitação da Associação, procuramos a Subsecretaria responsável e obtivemos a resposta de que a determinação não partiu do Gabinete do Subsecretário, alias, autoridade extremamente cortes e atencioso, com quem a ADERJ mantem relacionamento muito produtivo, para quem o momento exige facilitação e agilidade nas entregas de documentos por parte dos diretores.

Assim, a ADERJ espera que os respectivos Coordenadores de Gestão de Pessoas dessas Regionais reavaliem imediatamente essa determinação e a revertam rapidamente. Tanto em homenagem a um acordo feito entre a ADERJ e a SEEDUC, quanto também em atenção e obediência aos princípios da celeridade, simplicidade e razoabilidade ( Art. 2 da Lei Estadual nº 5.427/09).

A ADERJ espera ainda que a medida tenha sido tomada em virtude de alguma particularidade momentânea vivenciada por estes Coordenadores e que não tenha sido fruto, apenas, de visões administrativas caprichosas, antiquadas e pouco simpáticas, tomadas inconsequentemente, em um momento de tanta dificuldade e de ânimos tão acirrados.

A Diretoria da ADERJ

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Todos os dias, nossos Diretores enfrentam as maiores adversidades e os maiores desafios! Assoberbados de tarefas e com imensa responsabilidade, dedicam todo seu esforço para oferecer o que de melhor p