Buscar

Confiança no sistema eleitoral




A ADERJ - Associação dos Diretores de Escolas Públicas do Estado do Rio de Janeiro, em conformidade com os princípios da democracia, do pluralismo, e da soberania do voto popular, e alinhada às demais entidades da sociedade civil organizada, vem expressar sua integral confiança no sistema eleitoral, no voto eletrônico e na Justiça Eleitoral brasileira, rechaçando qualquer tentativa de subverter o processo eleitoral, ou minar a credibilidade das instituições envolvidas neste processo, que por tantos anos vem demonstrando sua solidez e confiabilidade.

A ADERJ repudia a violência política, os discursos de ódio e o sectarismo, que insuflam e estimulam ataques à órgãos do Estado, autoridades legitimamente constituídas, representantes populares democraticamente eleitos, e cidadãos em geral que exercem seus direitos de submissão ao sufrágio popular ou que expressam sua matiz partidária, em conformidade com os preceitos expressos na Constituição da República, que sepultou um longo período de trevas, de autoritarismo, que deve permanecer sepultado nos túmulos da História.

A Democracia, ainda que imperfeita, a busca incessante da harmonia social e o combate permanente da desigualdade são valores inquestionáveis, que requerem integral comprometimento por parte de toda e qualquer autoridade pública.

O sistema eleitoral brasileiro é mundialmente reconhecido pela sua lisura e fidedignidade, e vem propiciando, desde sua implantação, eleições que retratam, integralmente, a vontade popular.

A Justiça Eleitoral, composta por magistrados e por servidores efetivos, com a colaboração do Ministério Público Eleitoral, dos partidos políticos e dos demais órgãos de controle e de cooperação, é instituição estatal de elevadíssima confiabilidade e respeitabilidade, e não pode sofrer ataques ou discursos, os quais, desprovidos totalmente de substrato probatório, tem por objetivo, tão somente, a tentativa odiosa de desrespeitar a soberania do voto, e instalar regime de exceção, lançando a sociedade brasileira em um confronto, com consequências imprevisíveis, mas certamente, com efeitos nefastos a todos os brasileiros.

A ADERJ confia na solidez do regime democrático, instalado em nosso país a partir da Constituição Cidadã, na força das instituições brasileiras, e na pujança da sociedade civil organizada, de forma que seja garantida a soberania do voto popular, mediante eleições livres e pacíficas, a posse e o exercício dos eleitos, em conformidade com a vontade da maioria dos eleitores brasileiros.

Dr. Almir Morgado

Presidente Emérito da ADERJ

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Todos os dias, nossos Diretores enfrentam as maiores adversidades e os maiores desafios! Assoberbados de tarefas e com imensa responsabilidade, dedicam todo seu esforço para oferecer o que de melhor p